Blog

Descubra como é feita a cirurgia de glaucoma

Cirurgia de glaucoma é o tratamento mais eficiente para melhorar a qualidade de vida do paciente. Entretanto, é fundamental que se tenha a recomendação de um oftalmologista de confiança. Quer saber mais? Confira este post completo que preparamos para você. 

A cirurgia de glaucoma é recomendada para os pacientes que possuem uma doença ocular que afeta o nervo óptico do olho. 

Geralmente, o glaucoma é causado pelo aumento na pressão intraocular. O tipo mais comum da doença é o glaucoma primário, de ângulo aberto e ocorre com mais frequência em pessoas com mais de 40 anos. 

O tratamento mais comum, além da cirurgia no nervo óptico, é o uso de colírios, que auxiliam no controle da pressão e também diminui os impactos no nervo, preservando a visão do paciente. 

Entretanto, há casos onde o colírio já não é o suficiente e por este motivo, a cirurgia de glaucoma se faz necessária.

Por isso, muitos pacientes buscam o valor da cirurgia de glaucoma assim que são diagnosticados com o problema. 

Neste post, você aprenderá tudo o que precisa saber sobre a cirurgia de glaucoma. Acompanhe: 

  • Operação de glaucoma: como funciona?
  • Quem pode fazer a cirurgia de glaucoma?
  • Existem contraindicações da operação de glaucoma?
  • A cirurgia de glaucoma devolve a visão?
  • Quais são as vantagens da cirurgia de glaucoma?
  • Quais são os riscos do procedimento?
  • Qual o valor da cirurgia de glaucoma? 
  • Quais são os cuidados antes da cirurgia? 
  • E os cuidados no pós-operatório?

Operação de glaucoma: como funciona?

Existem diversos valores da cirurgia de glaucoma, porque existem diversos métodos cirúrgicos para o tratamento da doença.

De modo geral, o objetivo da busca pelo valor da cirurgia de glaucoma é sanar o problema. Entretanto, para acabar com a necessidade do uso constante do colírio, é realizada a cirurgia no nervo ótico, que ajuda a controlar a pressão intraocular. 

Entre as principais as principais cirurgias de glaucoma atualmente:

  • Trabeculectomia: essa é a cirurgia mais comum do glaucoma, e consiste em fazer uma drenagem no olho para que o humor aquoso escoe adequadamente.
  • Trabeculoplastia seletiva: método menos invasivo e, geralmente, mais rápido, que utiliza um laser para potencializar a drenagem do humor aquoso e para diminuir a pressão intraocular. 
  • Implante de tubo de drenagem: um minúsculo tubo é implantado dentro do olho para servir de escoamento do humor aquoso.
  • Procedimentos ciclos destrutivos: conjunto de técnicas que não visam o canal pelo qual passa o líquido aquoso, mas a sua produção, com o intuito de diminuir a sua fabricação. Mais indicado para os estágios avançados do glaucoma, com visão já bastante comprometida.
  • Cirurgias Minimamente Invasivas de Glaucoma (MIGS): técnicas mais recentes, que estimulam o canal a drenar mais o líquido aquoso, por meio de um dispositivo colocado no olho. Podem ser associadas à cirurgia de catarata.

Porém, somente um oftalmologista especializado em cirurgia de glaucoma poderá indicar qual o melhor método para o seu caso. 

Quem pode fazer a cirurgia de glaucoma?

A cirurgia de glaucoma só é indicada quando os colírios receitados, no início do tratamento, já não estão sendo mais eficientes, ou quando o paciente deseja reduzir a quantidade e até mesmo frequência do uso dos medicamentos. 

Existem contraindicações da operação de glaucoma?

A contraindicação da cirurgia de glaucoma vai depender do método cirúrgico considerado, do estado clínico do paciente e também do tipo e gravidade da doença. 

Portanto, para saber se você está apto a realizar a cirurgia de glaucoma, é necessário que você faça uma consulta com um oftalmologista de sua confiança. 

A cirurgia de glaucoma devolve a visão?

Infelizmente não. A cirurgia de glaucoma não irá melhorar a visão, e muito menos devolver a visão que foi perdida. O intuito da cirurgia no nervo óptico é melhorar o controle da pressão intraocular. 

Quais são as vantagens da cirurgia de glaucoma?

A vantagem em se realizar a cirurgia de glaucoma está na redução da pressão intraocular. Por isso, o paciente que mais se beneficiará do procedimento, será aquele que já utiliza os colírios, mas não apresenta bons resultados com eles. 

Quais são os riscos do procedimento?

Ao longo dos anos e com o avanço dos procedimentos cirúrgicos, a cirurgia de glaucoma está se tornando cada vez mais segura. 

Entretanto, os riscos no caso desse procedimento, irá depender da técnica que utilizada e do estágio em que a doença se encontra. 

Por isso, recomenda-se buscar um profissional de sua confiança. Ele saberá orientar quanto aos cuidados antes e após a cirurgia de glaucoma, levando em consideração o tipo de técnica utilizada. 

Qual o valor da cirurgia de glaucoma? 

O valor da cirurgia de glaucoma depende da técnica que será utilizada, bem como dos equipamentos e da clínica que será realizada a operação de glaucoma. 

Portanto, se você busca pelo preço da cirurgia de glaucoma na internet, dificilmente você encontrará um valor fixo, pois existem muitas variáveis. 

Quais são os cuidados antes da cirurgia? 

De modo geral, não existem cuidados antes de se saber quanto custa a cirurgia de glaucoma.  

A cirurgia também não precisa de internação, e não necessita de repouso em casa. 

E os cuidados no pós-operatório?

O principal cuidado que o paciente deve ter é continuar utilizando os colírios rigorosamente. Somente o médico poderá dizer quando ele não é mais necessário. 

Não abra mão da saúde dos seus olhos! Faça exames de check up!

Mesmo que não haja a necessidade de realizar a cirurgia de glaucoma é importante que você faça seus exames anualmente. 

Com os exames em dia, você terá uma vida com mais qualidade e livre de problemas oculares graves. 

Sendo assim, busque um profissional de sua confiança e em caso do surgimento de um problema ocular, realize o tratamento seguindo as orientações. 

Gostou do conteúdo? Compartilhe!

Descubra mais sobre o tema:

Tem interesse em fazer sua cirurgia? Entre em contato agora!

Translate »