Blog

O que é a cirurgia de astigmatismo

Precisa realizar a cirurgia de astigmatismo, mas não sabe ao certo sobre como o procedimento é feito e se ele é realmente necessário? Fique tranquilo! Esse post solucionará as dúvidas em relação à cirurgia de astigmatismo. Acompanhe!

O astigmatismo é uma doença refrativa e para corrigi-lo é recomendado que o paciente faça uma cirurgia de astigmatismo. 

O problema faz com que as pessoas não consigam focar em objetos tanto de longe, quanto de perto. Isso acontece porque o cristalino não consegue convergir os raios de luz corretamente no fundo dos olhos.

Antes de realizar a cirurgia de correção de astigmatismo, grande parte dos pacientes utilizam o óculos para corrigir temporariamente o problema, pois a única solução definitiva é a cirurgia de astigmatismo. 

Pensando no seu bem estar e na saúde dos seus olhos, preparamos este post com algumas informações importantes sobre a correção de astigmatismo. Veja: 

  • O que é astigmatismo
  • Para quem a correção de astigmatismo é recomendada
  • Como é realizada a cirurgia de astigmatismo
  • Conte com um profissional qualificado e experiente para cuidar da saúde dos seus olhos!

O que é astigmatismo

A necessidade de uma cirurgia de astigmatismo se faz quando o paciente possui um erro refrativo em um determinado eixo, em que a imagem na retina surge desfocada.

O astigmatismo é um dos problemas oculares mais comuns e pode estar associado a outros erros refrativos e até mesmo outras doenças oculares. 

Com a visão normal, a imagem é focada na retina em apenas um ponto de focagem. Isto se dá pois a retina é fundamental para a visão.

É ela que recebe as imagens e também as transmite para o cérebro através do nervo óptico. 

No entanto, quando o indivíduo possui necessidade da correção de astigmatismo, os objetos são focados em mais de um ponto.

Sendo assim, distorcem a forma da visão ao passarem pela córnea e por isso, surgem desfocadas quando são projetadas na retina. 

Deste modo, o paciente com recomendação de realizar a cirurgia de correção de astigmatismo possui visão turva ou, popularmente, “embaçada”. 

Sintomas que antecedem a Cirurgia de astigmatismo

Entre os principais sintomas que levam o paciente a procurar um oftalmologista para realizar a operação de astigmatismo estão: 

  • Visão turva perto e longe; 
  • Fadiga ocular;
  • Dor de cabeça. 

Entretanto, é importante pontuar que em uma fase inicial, ou seja, antes de se notar a necessidade de uma cirurgia de astigmatismo, o paciente pode não sentir nenhum incômodo, contudo, a doença tende a agravar e a partir disso, surgem os primeiros sintomas.

Causas da cirurgia de astigmatismo

Embora seja uma doença muito comum, as causas do astigmatismo e da necessidade de se realizar uma correção de astigmatismo são desconhecidas. 

Nota-se que normalmente o defeito está na curvatura da córnea, podendo ser mais ovalada do que redonda. 

O problema de astigmatismo pode estar presente desde o nascimento, mas também pode ser induzido por certas doenças dos olhos, como é o caso do ceratocone, pterígio, entre outras.

Para quem a correção de astigmatismo é recomendada

O tratamento definitivo ou melhor, a cirurgia de astigmatismo pode ser realizada a partir dos vinte anos de idade, caso o erro refrativo esteja estabilizado. 

A cirurgia de correção de astigmatismo tem como finalidade corrigir o problema, restaurando a visão normal dos pacientes, sem que haja a necessidade de se utilizar óculos ou lentes de contato. 

Quais exames são necessários para a cirurgia de astigmatismo

Entre os exames necessários para a cirurgia de astigmatismo estão:

  • Aberrometria;
  • Ceratoscopia Computadorizada;
  • Paquimetria Ultrassônica;
  • Microscopia Especular de Córnea;
  • Tomografia da Córnea. 

Os exames para cirurgia de astigmatismo são realizados e confrontados entre si para aumentar a segurança e o sucesso do procedimento de correção de astigmatismo.

Como é realizada a cirurgia de astigmatismo

A cirurgia de astigmatismo pode ser realizada com laser (cirurgia LASIK) até 6 dioptrias ou através de lente intra-ocular na câmara anterior ou posterior (se não houver indicação para correção de astigmatismo com LASIK. 

O astigmatismo pode ser tratado com lentes intra-oculares, que são colocadas no saco capsular em indivíduos com mais de 45 anos. 

Nos pacientes que possuem astigmatismo e miopia juntos, a cirurgia de astigmatismo e miopia corrige simultaneamente os dois erros.  

Cuidados pós-operatórios da cirurgia de astigmatismo

Após a cirurgia de astigmatismo é muito comum o surgimento de desconforto no olho. 

Entre os principais desconfortos estão a sensação de poeira, queimação e coceira. Mas geralmente, desaparecem após 2 a 4 dias da correção de astigmatismo.

Portanto, para proteger o olho, no final da cirurgia de astigmatismo são colocadas lentes de contato que servem como um curativo.  

Por isso, é indicado alguns cuidados como, por exemplo, não esfregar os olhos, descansar os olhos e usar óculos escuros sempre que estiver fora de casa. 

Além destes cuidados básicos, é importante que o paciente siga as instruções do médico que realizar a cirurgia de correção de astigmatismo, que basicamente são: 

Nas primeiras 24 horas após a cirurgia de astigmatismo

  • Não abrir os olhos debaixo do chuveiro após a correção de astigmatismo;
  • Utilizar os colírios receitados pelo médico corretamente;
  • Não assistir televisão ou utilizar o computador ao notar que os olhos estão secos;
  • Não ingerir bebidas alcoólicas.

Cuidados gerais 

  • Usar óculos com proteção especiais para dormir, durante o tempo recomendado pelo oftalmologista, para evitar coçar ou ferir os olhos durante o sono;
  • Utilizar os remédios anti-inflamatórios receitados pelo médico depois da cirurgia de astigmatismo para aliviar dores de cabeça e dor no olho;
  • Após as primeiras 24 horas da cirurgia de astigmatismo, deve-se lavar a cabeça durante o banho com os olhos fechados;
  • Só se deve voltar a dirigir depois de indicação do médico que realizou a correção de astigmatismo;
  • A maquiagem pode voltar a ser utilizada cerca de 2 semanas após a cirurgia, devendo ser aplicada com cuidado;
  • Nunca se deve tentar remover as lentes colocadas nos olhos durante a cirurgia de astigmatismo. As lentes são retiradas pelo médico responsável pela operação de astigmatismo cerca de 1 semana depois da correção de astigmatismo.

Conte com um profissional qualificado e experiente para cuidar da saúde dos seus olhos!

Ao longo deste conteúdo você pode notar que a cirurgia de astigmatismo não é tão complicada assim, não é mesmo?

Porém, deve ser realizada por um profissional de confiança e que tenha experiência na correção de astigmatismo. 

Mas, é importante ressaltar que para manter a saúde dos seus olhos é fundamental que se faça exames de check-up anualmente, pois caso surja algum problema ocular ele será tratado desde o início. 

Se identificou com o conteúdo sobre Cirurgia de astigmatismo? Ainda está com dúvidas se deve ou não realizar uma cirurgia ocular? Contate a Clínica especializada em olhos Dr. André Borba, estamos prontos para te ajudar!

Gostou do conteúdo? Compartilhe!

Descubra mais sobre o tema:

Tem interesse em fazer sua cirurgia? Entre em contato agora!

Translate »